Mil vidas. (#10 Trivialidades)

5 de fevereiro de 2017

| | Nenhum comentário:
As aulas da faculdade começam amanhã. eu chequei o portal do aluno e eles já já começam a liberar atividades... esse semestre tá diferente... eu estou tão desanimada. bem, semestre passado também estive desanimada, e ele foi um cu. as matérias deste parecem ser mais atraentes mas mesmo assim... eu não quero que seja como o passado. 

esse Ed é o que me fode, eu até posso lidar bem com as interativas, porque eu consigo fazer bem rápido, mas ed é insuportável... ao menos nesse semestre não é mais nenhum "Gramática", eu não tava aguentando mais. ~as aulas começam amanhã e essa sou eu já reclamando antes de iniciar~
Estou aproveitando esse último restinho de férias conversando pelo skype com meu namorado, infelizmente estamos a 1.959,8 km. minha rotina por enquanto não vai ficar tão apertada, mas quando eu começar a trabalhar ~se é que isso vai acontecer~ eu vou ficar bem mais ocupada image

Não posso viver em um mundo no qual você não exista, Bella.

| | Nenhum comentário:
"Naquele instante, eu me senti bem. Inteira. Pude sentir meu coração batendo no peito, o sangue pulsando quente e rápido por minhas veias de novo. Meus pulmões encheram-se do doce aroma que vinha da pele dela. Era como se nunca tivesse havido um buraco em meu peito. Eu estava perfeita, não curada, mas como se nunca tivesse havido nenhuma ferida."

führe mich, halte mich

| | Nenhum comentário:

Te amo, pela descoberta que você fez da melhor parte de mim mesma. E também por você ter encontrado no meu coração e ignorado meus caprichos, as fraquezas, as limitações, as fantasias, ter trazido à luz, um mundo de coisas lindas que eu mesma ignorava. Eu te amo e cada dia é como se eu fosse uma vida inteira. E eu te amo pelas mil vidas que você me dá.

642 coisas sobre as quais escrever: #22 De que maneira alguém já salvou a sua vida?

| | Nenhum comentário:

Eu tinha mais ou menos uns 8/9 anos, e tinha ido com minha família a um cais que tem aqui na minha cidade, a grade de proteção do cais estava bem velha e desgastada, e rio estava fundo e cheio, me apoiei na grade sem perceber e quase caí, meu tio me puxou pela blusa antes que isso acontecesse. eu não sabia nem sei ainda nadar então acho que posso considerar uma quase morte... com isso e fiquei muito assustada chorei demais.

Encaminhando (#9 trivialidades)

1 de fevereiro de 2017

| | Nenhum comentário:

Nos últimos dias fiquei sem idéias para escrever, digo escrever sobre tudo mesmo. Eu costumo escrever meus poemas e meus textos, eu realmente não fazia a menos ideia do que falar. Tenho estado trabalhando das 6 ás 11 numa loja de lembranças que tem aqui na cidade, e passo o restante do dia conversando com meu namorado... e eu também não tenho tido tanta inspiração pra escrever algo bonito, se é que as coisas que escrevo são bonitas. Bem, nós completamos um mês de namoro ontem. Ele me pediu em namoro dia 31/12, é uma data bem icônica, nós combinamos de comemorar sempre no último dia do mês, já que nem todos possuem 31 dias. Eu nem sei se consigo descrever a felicidade que me inunda ultimamente, jamais pensei ser capaz ou merecedora de sentir isso... ele me faz sonhar, pensar coisas bobas e me faz acreditar que eu realmente mereço ter um bom futuro.
Bem, fora isso, nada de realmente importante tem acontecido por aqui. Ainda estou receosa de falar com minha mãe sobre a mudança. hoje comentei sobre ter que estagiar e ela já vem com "mas você mora aqui no prado e não lá em teixeira", não tive coragem de retrucar porque eu sei que começaria uma discussão daquelas. eu tô tão cansada disso. mas enfim, meu plano no momento é conseguir algum dinheiro e me manter por um ou dois meses por enquanto, até que eu consiga um trabalho... lugar pra morar eu acho que tenho, vitória também pretende fazer o mesmo que eu, então é quase certo que vamos dividir o lugar. Eu tô muito animada pra isso mas sei que não vou sair do lugar se não tomar o primeiro passo... eu me sinto completamente apavorada.

642 coisas sobre as quais escrever: #21 A última vez que você chorou.

| | Nenhum comentário:
me lembro que quando estava fazendo esse post eu tinha dito que foi quando vi que engordei 2kg. mas isso tem uns dias, e de lá pra cá chorei tantas vezes que fiquei desidratada tenho essa impressão, pelo menos. essa é uma tag complicada de se fazer... eu sou muito chorona e eu não preciso de 'exatamente' um motivo pra chorar. chorei porque minha unha quebrou, chorei de ansiedade, chorei porque vi um post no facebook de um gatinho que foi torturado e morto, chorei hoje de manhã porque achei que meu namorado ia terminar comigo. isso é uma merda, estou sentindo vontade de chorar agora, por ser tão chorona.

flor

| | Nenhum comentário:
dos pés à cabeça os olhos desvendam os martírios e os vícios os espinhos arredios as pétalas delicadas a cor, o laço, o amor, a beleza da vida por inteiro.
| | Nenhum comentário:
sobre o vidro das surpresas sobre os lábios atentos, bem acima do silêncio, eu escrevo seu nome.