tá tudo bem.
27 de novembro de 2015 | 12:52 PM | 1 comentários

você não precisa falar comigo se não quiser, eu não tenho direito de exigir nada de você. eu sou adulta agora, mesmo agindo como uma criança mimada e imatura. você não tem que fazer nada pra mim. tá tudo bem. segue sua vida. tá tudo bem.

Marcadores:

e o tempo passa.
| 12:49 PM | 1 comentários

você não me ama mais e o tempo passa eu não te amo mais e o tempo passa eu achei que poderíamos dar certo, quem sabe e o tempo passa  você mudou e o tempo passa você tá mais grosso e o tempo passa eu mereço isso, por tudo que te fiz passar e o tempo passa nós não temos mais volta e o tempo passa eu sinto sua falta e o tempo passa  mas não amo mais você. e o tempo ainda passa.

Marcadores:

chove aqui dentro.
10 de novembro de 2015 | 7:40 PM | 0 comentários

mas lá fora tá um calor da porra.

Marcadores:

roses
| 7:38 PM | 1 comentários

acho que sou como uma rosa. uma rosa vermelha. posso até ser bonita, mas eu tenho muitos espinhos. e eu sinto que eles podem machucar você. eu posso até ser perfumada, mas eu continuo tendo os espinhos. e eles vão machucar se você continuar se aproximando. não olhe para mim desse jeito. não me fale de amor tão facilmente. se você quer meu coração, você precisa tomar minha dor também. não confie em mim. você não sabe nada a meu respeito. apenas fuja, não se apaixone. seus passos confiantes são tão lamentáveis. emoções são extravagância, amor é amigo da obsessão. e eu amo ser obcecada por você. mas eu tenho espinhos, eles me machucam. eu não sou delicada nem frágil, não sou confiável. toda rosa tem seus espinhos. toda rosa tem seus espinhos.

Marcadores:

veneno
| 7:29 PM | 1 comentários

Não era pra ser fácil. eu sei disto, mas eu não imaginava que seria tão difícil assim. Será que eu estou enlouquecendo? eu sinto que estou caminhando á beira do precipício, tomei o último gole do meu veneno. Eu já notei que não aguento mais. por que continuo com isso? eu não aguento mais. é uma confusão tão grande na minha cabeça. eu só queria que tudo isso acabasse. eu não quero mais suas mensagens, eu não quero mais sua voz, seu cheiro muito menos seu beijo. foda. vê o que faz comigo? fracassada. envenenada. eu não consigo ficar longe do seu veneno. do vício que você me trouxe. eu te amo tanto.

Marcadores:

tenho dó de quem gosta de mim
6 de novembro de 2015 | 1:43 PM | 1 comentários

Você disse para mim que você estava partindo porque eu fumava muitos cigarros. Parei de fumar no medo de perder você para sempre. Eu fui até ti, queria dizer que iria quebrar esse meu mau hábito, eu te vi, pressionando seus lábios no de outra pessoa. minha caminhada para casa foi solitária, a única coisa que eu poderia pressionar meus lábios era um cigarro. acho que é melhor parar com meu mau hábito. você.

Marcadores: